[TOC, TOC]

TOC, TOC

"O TOC faz muito mal e nos deprime, justamente porque ataca aquilo que mais amamos, ou mexe com nossos medos mais íntimos. Ninguém aqui fica com pensamentos intrusivos de: "ai, será que vou ganhar um milhão de reais? Será que vou ser rico?", ou então: "e se eu tiver saúde e prosperidade? E se eu for bem sucedido nos meus projetos? Tenho medo de ser bom". Não! O TOC ataca coisas que valorizamos (nos faz ter medo de perder o que amamos), e é justamente por isso que não se deve temer os pensamentos intrusivos, pois são ferimentos CONTRA a nossa vontade racional.

Pessoas que sofrem com pensamentos de violência, são justamente contra a violência e querem ser boas e pacíficas. Por isso a simples ideia de ferir ou machucar alguém, principalmente algum familiar, é terrível.

Pessoas que são perturbadas com pensamentos de sexualidade, costumam valorizar o rigor moral e os costumes tradicionais relacionados ao sexo. O mesmo acontece com portadores de TOC que sofrem com medo de serem homossexuais (o chamado HTOC), que aflige héteros. É por serem héteros e gostarem disso que têm medo de deixarem de ser.

Pessoas muito religiosas, que nutrem amor a Deus, aos santos, ou à Igreja, são geralmente afligidos com pensamentos de blasfêmias, e ficam com medo de terem pecado.

Os que valorizam a saúde, têm medo de perdê-la por causa de contaminações, bactérias, sujeiras, tragédias, etc.

Enfim, os pensamentos intrusivos nos definem, porque mostram aquilo que amamos, o que prezamos, e o que tememos de forma racional. O TOC só é ruim porque desordena os nossos medos. Ter medo é uma coisa boa, porém quando nossos medos se desordenam e ficam maiores que nossa razão, nós sofremos muito e travamos, o que nos leva a buscar rituais e manias para que a mente fique aliviada, com uma falsa sensação de controle, que no fundo não temos. Ninguém vai evitar uma doença ou uma tragédia se contar passos, ou organizar objetos no armário. Tal comportamento é uma busca por controle e perfeição que não condizem com a realidade da vida humana.

Aceitar que nós somos incapazes de controlar tudo é o primeiro passo. Depois, é preciso entender que "o medo é uma coisa boa, só precisa ser controlado pela razão". Por último, podemos ver quem somos também através do TOC, afinal, ele nos mostra o que amamos e o que tememos. É preciso aprender que a vida é um presente, e nós precisamos saber viver bem, apesar das dificuldades. Se é difícil, melhor ainda, porque temos a chance de mostrar que apesar da dificuldade é possível seguir em frente.

Que Deus nos ajude a suportar essa cruz, que só nós sabemos como é pesada! "

- Texto recebido por seguidor

Conheça o(a) Autor(a)

[Paloma]
Paloma Isabele

Pisciana, Estudante de Direito e Completamente apaixonada pelos livros. Uma frase que resumi toda essa loucura que chamamos de vida é "Nada é tão nosso, quanto nossos sonhos".

Veja Alguns Posts Relacionados

Comentários

Olá, deixe seu comentário para TOC, TOC

Enviando Comentário Fechar :/