[BULLYING – EU SOFRI. EU PRATIQUEI. EU HOJE CONSCIENTIZO. – MAR’JUNIOR]

BULLYING – EU SOFRI. EU PRATIQUEI. EU HOJE CONSCIENTIZO. – MAR’JUNIOR

“Uma das coisas que aprendi é que nossas palavras têm força e têm poder. Se você as recebe e fica quieto, possivelmente você terá este resultado, sendo para o mal ou para o bem.”

Quem já sofreu Bullying?! Ou até mesmo quem já praticou?! Muitas pessoas no mundo de hoje convive com essa realidade que machuca muitas pessoas, em 2016 o IBGE disse que cerca de 47% dos jovens sofrem bullying, agora pensem como esses jovens estão hoje em dia?!

Em "BULLYING – EU SOFRI. EU PRATIQUEI. EU HOJE CONSCIENTIZO" conhecemos um pouco sobre a infância e a adolescência de Mar’Junior, vocês acreditam que ele sofreu bullying praticado pelo próprio pai, por alguns professores e ate mesmo colegas de rua e da escola?! 

Tudo começou com a perda do pai de Mar’Junior, na infância ele perdeu um Irmão e digamos que isso acabou afetando muito sua vida, ela culpava sua mãe pela morte. Então ele acabou se tornando uma pessoa fria e bastante violento, ele não demonstrava sentimentos pelos filhos e nem pela esposa e maltratava verbalmente e fisicamente Mar’Junior, confesso que essa parte no livro acabou mexendo bastante comigo.

"Na escola, a criança aprende a escrever a palavra amor, mas é em casa que ela aprende a entender esse sentimento."

Mar'Junior então começou a sofrer Bullying de outras pessoas, na escola, na rua e até por pessoas que ele não tinha muito contato, aquilo acabou se tornando parte da sua vida e confesso que era como se ele vivesse em um inferno, todo mundo pensa que a infância vai ser uma das melhores épocas da nossa vida, mas nesse caso acabou sendo uma das piores fases da vida de Mar'Junior.

Já na adolescência o nosso protagonista acaba se tornando uma pessoa idêntica ao pai (mesmo ele nao gostando da comparaçao)   ele acabava descontando sua raiva e o seu rancor nas pessoas que o provocava, então de vitima ele passou a ser praticante, é uma fase que o nosso protagonista sente bastante vergonha e que a gente acaba sentindo um pouco de raiva. Mas como será que ele se livrou disso tudo?! Como ele conseguiu?!

Sem dar muito spoiler's eu digo que me surpreendi bastante com o amadurecimento do Mar'Junior, confesso que em nenhum momento passou pela minha cabeça essa revira volta, fiquei bastante emocionada, pois por mais que ele sofreu sendo vítima e até mesmo por ter praticado, no final das contas ele acabou encontrando o caminho certo pra seguir.

"A mudança começa quando acreditamos que nos podemos ter a açao de transformar vidas"

O livro é curto e pode ser lido em apenas 1 dia, eu enrolei bastante pra ler pois não queria desgrudar da história, alguns capítulos me lembraram bastante da minha infância e isso acabou mexendo com meu psicologico, no decorrer da historia você se sente como se o autor estivesse conversando contigo, como se fosse um diário, ler esses relatos sobre bullying é muito triste, mas assim entedemos melhor sobre o que acontece com essas pessoas.

Esse é um livro que recomendo para todas as pessoas, todo mundo deve sentir o que acontece na pele, você vai se emocionar, rir e refletir um pouco sobre a vida, prepare os lencinhos, sobre a diagramaçao do livro preciso relatar que esta impecável, nada que reclamar.

Foi um dos melhores livros desse ano, ao final da história me peguei chorando muito, mas foi de felicidade em saber que por mais difícil que a vida seja, no final tudo da certo, o Mar'Junior acabou me ensinando e me emocionando muito, gostaria bastante de agradecer por essa experiência e pela parceria, deveria existir mais pesssoas como voce.

Mar'Junior gostaria que soubesse, que pode sempre contar com a Equipe do Contos Literarios.

 

Autor (a): Mar´Junior / Editora: Novo Ser Editora / Páginas: 126 

Sinopse:

Mar’Junior nos brinda com este livro corajoso, em que desnuda não só o que sofreu, mas o que fez sofrer. ‘Mar’ faz desse sofrimento pessoal matéria-prima para que o sofrimento – pelo menos dos tão jovens – seja cada vez mais banido dos seus ambientes. No momento em que tanto se fala do bullying, este é um livro que, não apenas deve ser lido, mas que precisa ser lido.

Conheça o(a) Autor(a)

[Paloma]
Paloma Isabele

"Mineira, pisciana, sonhadora, futura empreendedora, vive com a cabeça nas nuvens. Viciada em livros, palavras, filmes e séries. Acredita naquele papo de correr atrás dos sonhos e desde então faz de sua vida o seu próprio contos de fadas."

Veja Alguns Posts Relacionados

Comentários

Olá, deixe seu comentário para BULLYING – EU SOFRI. EU PRATIQUEI. EU HOJE CONSCIENTIZO. – MAR’JUNIOR

Enviando Comentário Fechar :/