[Royal 47]

Royal 47

No início do livro nos deparamos com a volta do irmão de Rino para a casa, e ao mesmo tempo também nos deparamos com a saída de Rino da casa dos pais, ele resolve alugar um pequeno KitNet em um bairro de Porto Alegre.

Rino é um personagem incrível e muito sincero, ele é bem direto e fala as coisas sem ter medo do efeito que pode causar nas pessoas.

Quando Rino decidi comprar uma máquina de escrever, ele acaba encontrando uma, em um antiquário, pra ser mais exata ele encontra uma Royal Quiet De Luxe 1947 (ou apenas Royal 47).

No livro, Rino passa pelas mais diversas situações desde as mais bizarras, até as mais consideradas um pouco “normais”, o livro é um romance de vários que ele acaba vivenciando, e nesses vários casos e romances que o personagem tem, você acaba se sentindo dentro da historia e se surpreende com o rumo dos acontecimentos.

Mas já aviso desde o começo, Royal 47 irá te deixar com uma baita curiosidade, em algumas páginas te deixará até com a boca aberta e confesso que também ira deixar os leitores um pouco excitado (literalmente).

O autor soube prender o leitor do começo ao fim, a narrativa do livro te cativa desde o primeiro capítulo, você realmente se sente parte da história, a única coisa que me deixou triste foi quando o livro acabou.

Sem dúvida nenhuma Royal 47 é um ótimo livro, que merece ser lido e devorado ao mesmo tempo haha é um livro que eu indico para todas as pessoas que gostam de uma dose romance, adrenalina e uma boa pitada de sexo.

“É estranho as pessoas colocarem o insucesso e as derrocadas dos relacionamentos no pobre do amor. Não, não. Ele é o menos culpado. Não morremos de amor, é a desilusão e o desgosto que nos esmagam. São nossas próprias ideias, lembranças, perspectivas e agonias que nos transformam em seres introvertidos, amargurados e mal amados."

Sinopse:

Nesta obra, Jim Carbonera mantém sua narrativa infame e vil dos livros anteriores. Nomeia cada capítulo como se estivesse homenageando-os e transforma Royal 47 em um romance feroz e corrosivo. Seu protagonista, Rino Caldarola, deixa de morar com os pais e muda-se para um ambiente conturbado e efervescente. Uma nova visão sobre o mundo está prestes a nascer das teclas de sua primeira máquina de escrever que, além de auxiliá-lo em seu novo objetivo — de escrever um romance datilografado —, se transforma em sua principal companhia. Rino, sem receio algum, mantém-se o bon vivant inconsequente de outrora e utiliza-se da insensatez como válvula de escape para enfrentar os desígnios da vida. Jim Carbonera expõe explicitamente um personagem que desdenha a  civil, inspira-se e deleita-se em tudo que o cerca e, definitivamente, utiliza a sociedade como seu espelho transgressor.

  • Título: Royal 47
  • Autor: Jim Carbonera
  • Paginas: 152
  • Editora: Giostri
  • Indicado para +18

Conheça o(a) Autor(a)

[Paloma]
Paloma Isabele

Pisciana, Estudante de Direito e Completamente apaixonada pelos livros. Uma frase que resumi toda essa loucura que chamamos de vida é "Nada é tão nosso, quanto nossos sonhos".

Veja Alguns Posts Relacionados

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Royal 47

Enviando Comentário Fechar :/