[O que a imaturidade me ensinou]

O que a imaturidade me ensinou

Das coisas que aprendi com a imaturidade, cito aqui, somente as que me fizeram bem no final.
A juventude, ou adolescência, fase que geralmente acompanha a imaturidade, foi um dos maiores desafios de se viver pra mim. Por ser absurdamente intensa, eu acreditava que todo pouco que sabia, era absoluta verdade e o máximo de maturidade possível. O tempo passou e vejo o quando fui imatura (inclusive, me desculpe se você me conheceu nessa fase!). Por mais que a imaturidade seja tão chata, ela nos faz aprender muitas coisas e colabora muito para o processo de maturação.

Entre o que aprendi com a imaturidade, ressalto as consequências... Agimos muitas vezes por impulso, nervosismo, sem pensar, de "cabeça quente", o que nos faz agir erroneamente e depois ter de assumir as responsabilidades disso. Ressalto também que ninguém, independente de sua posição social, econômica, cultural ou filosófica, é detentor de toda verdade, nem você, viu? Saiba respeitar o estilo de vida dos outros, e entenda que a essência da graça que nos faz crescer, consiste no aprendizado resultante do convívio com tudo o que é diferente.

Ressalto ainda a intensidade, mas aquela vivida com consciência, que nos faz voar nos pensamentos, e agir de modo que possamos viver felizes e leves, como folhas. Ela é capaz de nos motivar a fazer boas coisas e a sermos melhores.

A maturidade é contínua, á cada dia estou a descobrir novo horizontes, mudar opiniões, alterar o conceito de maturidade, me auto-conhecer e redescobrir o significado do universo.

Saiba carregar o conhecimento que adquiriu durante toda sua trajetória até aqui e viva extraordinariamente como se cada dia, fosse o ultimo. O legado que você irá deixar, corresponde ao modo que escolheu viver, então faça boas escolhas enquanto é tempo, o relógio não vai parar.

Conheça o(a) Autor(a)

[Natália]
Natália Camargo

Uma série de versões em uma mesma menina-mulher, mais bem definida como uma criança que cresceu, vivendo as aventuras e desventuras do cotidiano sobre um ângulo singular.

Veja Alguns Posts Relacionados

Comentários

Olá, deixe seu comentário para O que a imaturidade me ensinou

Enviando Comentário Fechar :/