[Mulheres que não sabem chorar - Lilian Farias]

Mulheres que não sabem chorar - Lilian Farias

"Quando a gente vive com medo, tudo é pretexto para repudiar o novo. Nós nos proibimos e nos machucamos sem sequer ter experimentado."

Confesso que essa resenha foi uma das mais difíceis de escrever, "Mulheres que não sabem chorar" é um livro completamente rico em detalhes e sentimentos, um livro que mexe com a cabeça do leitor e que quebra qualquer barreira de preconceito que existe nesse mundo.

O livro foi baseado em histórias reais que a autora entrevistou, então Lilian transformou personagens fictícios a história e desenvolveu uma trama cheia de conflitos, emoções e algumas reflexões, na trama conhecemos Ana, Marisa e Olga, 3 mulheres com histórias diferentes mas com algo comum.

O que você faria se fosse completamente apaixonado por alguém casada? Você correria o risco de tentar ou desistiria? Ana é uma pessoa tímida, que acaba sempre afastando todas as pessoas de si, ela acaba conhecendo Verónica e elas se tornam amigas, mas os sentimentos de Ana acabam se tornando diferentes e ela acaba se apaixonando, mas tudo se torna impossível, pois Verônica já é casada com outra mulher...

“O mais engraçado é que sempre tive medo da solidão, e esse medo é que me mantinha só".

Já Olga e Marisa são aquelas vizinhas que não se suportam, sabe aquelas vizinhas que vivem em guerra? Então Olga e Marisa são assim, mas um acontecimento terrível acabam unindo as duas, então além de se tornarem amigas algo a mais acaba acontecendo entre elas…

Antes de continuar a resenha gostaria de dizer que sim, este é um livro LGBT e sabe o que muda na história? Simplesmente nada, ele continua sendo um livro ótimo, foi um dos meus primeiros livros com esse tema e eu acho que a autora simplesmente soube passar amor, carinho e as aflições de cada personagem, muitas pessoas tem preconceito e julgam sem sequer conhecer, eu simplesmente sou a favor de toda forma de amor e realmente recomendo esse livro para pessoas com a cabeça tão fechada.

Foi uma leitura muito rápido e muito agradável, as personagens têm características bem fortes e no decorrer da história, você acaba se apegando em cada caso e situação vivida, em algumas situações você acaba se sentindo emocionada e angustiada com o sofrimento das personagens, o final do livro foi melhor que eu imaginava, acho que simplesmente foi o final perfeito.

"Algumas cargas, só as mulheres compreendem. E quando uma mulher chora aliviada, o universo também sente. Outras mulheres também sentem."


De todas as personagens eu gostei bastante da Olga, tem algo nela que me fez se sentir apegada e confesso que acabei chorando horrores quando ela tinha alguma recaída ou quando ela estava sofrendo, então ela se tornou minha preferida. Já Marisa não gostei muito dela, achei ela ignorante e ao mesmo tempo arrogante, meu santo não bateu com o dela, quando vocês lerem espero que entendam.

Sobre o livro eu simplesmente não tenho muito o que falar, pois se eu falar vai ter spoilers e vocês não gostam nada disso, mas eu acabei aprendendo muito com ele, acho que a Lilian soube descrever todos os sentimentos bons para a história, que acabou se tornando única e especial, foi um dos melhores livros que eu ja tive a honra de ter feito parceria. Fiquei admirada em saber que a história foi baseada em fatos verídicos, essas mulheres que passaram por tudo isso, merecem muitas palmas, pois são poucas que consegue enfrentar os obstáculos.

A capa do livro se tornou a mais linda da minha estante, simplesmente eu sou suspeita pra falar mas é umas das capas mais lindas que eu já vi, a diagramação do livro também ficou impecável, não tenho oque reclamar.

Lílian muito obrigada pela parceria e pelo carinho, saiba que pode contar sempre com a Equipe do Contos Literários.

 Sinopse

A vida de Marisa é regida pelo controle. Seja à frente do seu trabalho ou da vida dos filhos, ela é racional, mantendo-se sempre fria, um ser à parte das banalidades, cuja única preocupação é ser um exemplo. Olga é sua antítese. Sentimentos à flor da pele, dor flagelando a carne, pensamentos embaçados pelo esquecimento proporcionado pelo álcool. Sozinha, preocupa-se em apenas ser, em um mundo cercado por fatos que não reconhece mais como seus. Enquanto isso, Ana e Verônica esbarram com o acaso.

Duas senhoras solitárias, vizinhas e antagônicas. Será que um dia alguém acharia que poderiam viver em paz? Mais ainda, será que poderiam se apaixonar? Duas jovens livres e independentes. O que as impede de ficar juntas?

Mulheres que não sabem chorar é mais que uma história de amor entre iguais. Junto a estas personagens tão humanas, o leitor vê-se despido dos preconceitos, pudores e medos. Ora crua, ora poética, a trama nos obriga a enfrentar o espelho e se ver como nunca imaginou antes. Pois ao mergulhar neste romance, o que fará você pensar não é a forma como vê o amor, mas sim a forma com que ele se volta em sua direção. Esteja preparado.

(Danilo Barbosa - Autor de Arma de Vingança)

Conheça o(a) Autor(a)

[Paloma]
Paloma Isabele

Pisciana, Estudante de Direito e Completamente apaixonada pelos livros. Uma frase que resumi toda essa loucura que chamamos de vida é "Nada é tão nosso, quanto nossos sonhos".

Veja Alguns Posts Relacionados

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Mulheres que não sabem chorar - Lilian Farias

Já temos 2 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Lilian Farias

Lilian Farias

Oi. Fico grata por suas palavras e a forma tão respeitosa que tratou o Mulheres, também fico feliz por ter gostado.
★★★★★DIA 27.09.16 21h50RESPONDER
Paloma Isabele
Enviando Comentário Fechar :/
Paloma Isabele

Paloma Isabele

Eu que agradeço por tudo ❤
Beijos!
★★★★★DIA 28.09.16 14h19RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/