[Bala no Temporal]

Bala no Temporal

 O livro se trata de 23 contos que abrange uma temática homossexual. Há e antes de acharem que o livro se trata de um pornô-chanchada, já aviso pra todos que estão bem enganados.

O livro relata diversas situações do ser humano, independete da sua orientação sexual, mostra desejos e sentimentos bem puros, a fraqueza e a vontade de continuar seguindo em frente.

O autor colocou toda verdade nua e crua, sem censura é claro, também abordou assuntos e temas atuais, que pra sociedade hoje em dia é tratado como “assuntos polêmicos”. 

Esse livro foi capaz de despertar todos os sentimentos possíveis, desde alegria até mesmo a raiva, um livro com um narrativa bem fácil de se entender, com assuntos e temas que nos faz pensar duas vezes antes de julgar as pessoas.

Ao finalizar o livro, senti que levarei comigo uma reflexão para a vida toda, recomendo esse livro para pessoas que tentam/preferem viver, sem medo da opinião e dos julgamentos alheiros, que vivem em busca da sua própria felicidade.

"O botequim histericamente se levantou. Gritaria, correria pra lá e pra cá... ambulância... Eu parado ali, estático, em pé, olhando para o seu corpo e o seu sangue rutilante não ser de mais ninguém."

Sinopse

Nunca li um livro que, como este, me deixasse com todos os sentimentos e instintos aflorados: da alegria à dor, da quietude serena à excitação sexual que faz o corpo e o espírito tremerem. A homossexualidade tratada nesses contos é mágica, é alucinante!

Não é à toa que tantos temem essa força, aqui tão profundamente explorada. Beatriz M. R. Carlos São Paulo "Vou afirmar pra você com toda a minha sinceridade: não gosto de mulher, de mulheres; nunca tive ou tenho tesão por nenhuma mulher; nunca transei com uma única mulher que não fosse com ela; somente ela. Somente ela me fez sentir tudo o que de mais forte pode existir entre duas pessoas, entre os sexos, não importa que sexos sejam, importa o existir entre os desejos, as atrações e os prazeres máximos – o resto é papo furado –, e tudo isso, tudo isso e mais, ela me deu e me dá; como me deu ontem quando nos encontramos e revivemos

  • Autor: Andreas Nora
  • Páginas: 182
  • Gênero: Literatura Nacional; Contos Eróticos
  • Nota: (5/5)
  • Editora: All Print
  • Edição: 1

Conheça o(a) Autor(a)

[Paloma]
Paloma Isabele

Pisciana, Estudante de Direito e Completamente apaixonada pelos livros. Uma frase que resumi toda essa loucura que chamamos de vida é "Nada é tão nosso, quanto nossos sonhos".

Veja Alguns Posts Relacionados

Comentários

Olá, deixe seu comentário para Bala no Temporal

Enviando Comentário Fechar :/